Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Morango, Batom e Chocolate

Morango, Batom e Chocolate

  • Os meus Brownies de Chocolate "Fit"

    Olá olá!!! 

    Tudo bem com vocês?!

     

    Hoje vim, pela primeira vez, trazer uma receita aqui para o blog! 

    Chega daquele mito que "o que é fit não tem sabor" ou "o que é saudável sabe mal". A verdade é que nós podemos ter uma alimentação mais saudável sem sofrer.

     

    Por isso mesmo hoje venho compartilhar com vocês a minha receita de Brownies de Chocolate "Fit".

     

    2.jpg

     

    Esta é uma receita que eu tenho vindo a adaptar há algum tempo, depois de ter visto muitas pela internet (que não me agradaram assim tanto). Fui vendo várias receitas, às quais fui ingredientes que não gostava (ou que podia substituir por alternativas mais saudáveis) e adicionando o que eu achei melhor. 

     

    Atenção que estes brownies não são 100% saudáveis! Saudável mesmo era fecharmos a boca e não cometermos estes "pecados" ahahaha 

    São mais para quem anda no ginásio (ou não), e de vez em quando gosta de comer um docinho... digamos que são uma melhor alternativa.

     

    Após algumas tentativas (falhadas), cheguei à MINHA receita final!!!

     

    Brownies de Chocolate Fit

     

    Ingredientes:

     

    - 3 ovos L

    - 100 gr de Chocolate para culinária sem açúcar (metade de uma tablete, eu utilizei da marca Pantagruel que é adoçado com stevia)

    - 2 colheres de sopa de açúcar mascavado

    - 8 colheres de farinha de aveia (eu como não tinha farinha de aveia, triturei 8 colheres de flocos de aveia no 1-2-3)

    - 2 colheres de sopa de côco ralado

    - 50 gr de amendoim sem sal

    - 1 colher de café de raspas de gengibre

    - 1 colher de chá de fermento em pó

     

    3.jpg

     

    Preparação:

     

    Pré aqueci o forno a 180º. Quando o forno já estava quente, torrei o amendoim e depois de o deixar arrefecer, triturei no 1-2-3 até ficar com a consistência que eu queria (no meu caso, gosto de sentir os pedacinhos do amendoim no brownie).

    Em seguida, bati com a batedeira os ovos com o açúcar, até obter um creme esbranquiçado. 

    Derreti o chocolate em banho-maria e adicionei à mistura dos ovos com o açúcar, mexendo sempre.

    Depois juntei o amendoim triturado, o côco ralado, as raspas de gengibre, a farinha e o fermento e bati com a batedeira, até obter uma consistência homogénea.

    No final, forrei uma forma (rectangular ou redonda) com papel vegetal (papel manteiga), e verti a mistura lá para dentro.

    Levei ao forno até ver que a mistura ficou consistente (fiz o teste do palito), foi mais ou menos 25 min.

     

    1.jpg

     

    Quando tirei do forno deixei arrefecer, e cortei em pequenos rectângulos (se a forma for rectangular, o corte fica mais homogéneo).

     

    Preço (por fornada, com as quantidades que eu usei) - 2,5€

     

    Resumo Nutricional

     

    Um brownie "normal" (de compra):

     

    - Calorias: 129 kcal

    - Proteínas: 1.62 gr

    - Hidratos de Carbono: 21.26 gr

    - Lípidos: 4.68 gr

     

    O meu brownie:

     

    - Calorias: 46.5 kcal

    - Proteínas: 1.65 gr

    - Hidratos de Carbono: 1.95 gr

    - Lípidos: 3.31 gr

     

    Valor por fornada (com as quantidades que eu usei, +/- 30 brownies):

     

    - Calorias: 1395 kcal

    - Proteínas: 49.5 gr

    - Hidratos de Carbono: 58.6 gr

    - Lípidos: 99.4 gr

     

     

    E é isto!! Espero que tenham gostado! Deixem a vossa opinião, o que acharam dos meus brownies, se já fizeram a receita ou se vão experimentar, e se querem que eu traga mais receitas para o blog!

     

    Beijoca*

    A minha exposição

    Olá Olá!!!

    Tudo bem com vocês?!

     

    No post de hoje, como já devem ter percebido pelo título, venho falar um pouco sobre a minha exposição.

    Pois é... para além de ser apaixonada por este mundo da moda/beleza, eu tenho outras paixões, nomeadamente a pintura. 

    Há cerca de um ano atrás fui convidada pela Tituraria da Covilhã a fazer uma exposição minha, só com os meus trabalhos e é claro que nem pensei duas vezes: disse logo SIM!

    Então é precisamente isso que tenho vindo a fazer no último ano. Tenho trabalhado imenso, e pintado muitos quadros para a exposição.

     

    17796675_1874197869264414_9026562682354571029_n.jp

     

     

    Quando me pus a pensar num nome para lhe dar, comecei a pesquisar na internet, para ver se surgia alguma ideia, mas nada...

    Até que um dia, quando já tinha bastantes quadros feitos, reparei que a maioria deles tinham a ver com o imaginário infantil, com o mundo das crianças e, sobretudo, com coisas impossíveis de existir. E foi precisamente a partir daí que surgiu o nome "SONHOS".

     

    17634829_1879008592116675_1734330228496562114_n.jp

     

     

    Depois, para além dos quadros, decidi também juntar alguns dos meus desenhos favoritos (muitos deles feitos quando não tinha mais nada para fazer) e, como também se adequavam bastante ao tema, incluí-os também na exposição.

     

    Ao olhar para um dos quadros (que retratava três crianças como as que vemos na televisão todos os dias, em guerras, trabalhos forçados, etc...) senti uma enorme vontade de ajudar alguém. Então corri para o computador e pesquisei todas as instituições aqui perto que eu pudesse de alguma forma ajudar. E foi então que surgiu a ideia da "Casa do Menino Jesus", uma instituição com quem eu já tinha tido contacto algumas vezes, mas que muita gente esquece, e por essa mesma razão, decidi doar 25% do lucro da minha exposição a esta casa que acolhe crianças em risco.

     

    17523370_1875287125822155_7741300719496769131_n.jp

     

    Ao longo deste mês estão a decorrer na Tinturaria vários workshops dados por mim, e muitas actividades para entreter as crianças (e não só) nos tempos livres.

     

    Não se esqueçam de passar pela "Tinturaria" para verem o meu trabalho, e dar a vossa opinião porque, acreditem, conta muito.

    Espero que gostem!!!

     

     

    Fica aqui um vídeo do dia da inauguração, em que pude contar com a presença de pessoas que me são muito especiais, e que fizeram parte do meu percurso até aqui.

     

     

    Beijoca*

     

    São Miguel, Açores - Dias 6 e 7 - Último post sobre a viagem!

    Olá olá!!!
    Como estão?! Tudo bem com vocês?

     

    Hoje venho trazer-vos o último post sobre a minha viagem aos Açores.

    Nestes últimos dois dias ainda tínhamos bastante para ver e para fazer, por isso, decidimos fazer o máximo que conseguimos no penúltimo dia, para que no último pudéssemos aproveitar para relaxar um pouco e para que não houvesse tanta correria, porque queríamos chegar a casa cedo para descansarmos (porque o voo era no dia seguinte bem cedo).

     

    Dia 6

     

    Bem, no penúltimo dia, decidimos então começar por ir ao Miradouro da Ponta da Ferraria, onde pudemos ver o Farol da Ferraria e de onde vimos o mar, as termas e as piscinas naturais.

     

    1.jpg

     

    Assim que saímos do Miradouro, fomos para a zona das termas e das piscinas naturais, e digo-vos uma coisa... as piscinas naturais são algo de ESPETACULAR!!!

     

    2.jpg

     

    Apesar de, quando lá fomos, a água estar um pouco agitada, percebeu-se que era um local maravilhoso. As águas eram super limpas, azuis... era perfeito. Têm mesmo de ir lá!!

     

    Logo após o almoço, fomos em direção ao Miradouro da Vista do Rei, que é o miradouro mais conhecido de São Miguel, pois é deste ponto que se pode ver a tão conhecida Lagoa das Sete Cidades.

    Neste local podemos encontrar também o Hotel Monte Palace, que é um hotel abandonado já há muitos anos e com uma história fantástica.

     

    3.JPG

     

    Neste hotel, é permitida a entrada e podemos ver tudo o que quisermos do seu interior. Se forem como eu, ao andarem pelos quartos (muito devolutos) e pelos corredores, vão imaginar as histórias que se lá passaram.

     

    4.JPG

     

    Aconselho vivamente a subirem ao terraço do hotel, porque terão uma vista mega privilegiada da envolvente, bem como da Lagoa das Sete Cidades.

     

    O ponto seguinte foi o Miradouro do Cerrado das Freiras.

     

    5.JPG

     

    Parámos neste local apenas porque aqui dá para perceber melhor a diferença das tonalidades da água da Lagoa das Sete Cidades, e aproveitámos para tirar imensas fotos.

     

    Em seguida fizemos uma pequena paragem nas Sete Cidades, onde visitámos a igreja, e fomos também à magnífica Lagoa do Canário que está situada numa cratera vulcânica a 800m do nível do mar.

     

    No final do dia, depois de termos regressado a casa e descansado um pouco, fomos comer um belo crepe!

     

    6.jpg

     

    Eu juro!! Vocês não têm noção do que é este crepe! É SUPER MEGA ULTRA DELICIOSO!

    É feito na hora, e no interior tem uma bola de gelado dos Açores (do sabor que vocês escolherem). É mesmo muito bom, a sério!

    Se quiserem saber o local onde fomos comer esta delícia, perguntem nos comentários que eu explico tudinho!

     

    Dia 7 - O último dia!

     

    Como já referi, optámos por não sobrecarregar tanto o último dia com visitas, para podermos descansar um pouco.

    Então, começamos o dia por fazer uma visita rápida ao Miradouro da Tromba do Elefante

     

    a.jpg

     

    Este é um miradouro bastante particular e muito engraçado, pois, como o próprio nome indica, as rochas assemelham-se ao formato da cabeça de um elefante.

     

    Junto a este miradouro, podem encontrar o Miradouro do Navio, onde podem tirar ótimas fotos!

     

    b.JPG

     

    Em seguida, fizemos uma visita à Gorreana, que é não só a mais antiga, como atualmente a única plantação de chá da Europa.

     

    c.jpg

     

    Nesta visita, pudemos provar chá gratuitamente, bem como ver toda a história das plantações e como se processa a produção do chá. Foi super giro!!!

     

    Por fim, o último ponto que visitámos, e aquele onde ficámos mais tempo para relaxar, foi a Caldeira Velha.

     

    d.jpg

     

    Este é um parque semelhante à Poça da Dona Beija, pois tem piscinas naturais de água quente (uma a cerca de 25º e outra a 38º). É excelente!!! E, ao contrário da Poça da Dona Beija e do Parque Terra Nostra, aqui só se paga 2€ de entrada, o que é ótimo!

     

     

    E pronto, foi desta forma que terminámos o dia, e também a viagem aos Açores.

    Adorámos a semana, e aconselhámos vivamente a visitarem esta ilha maravilhosa.

    Deixo aqui, como sempre, os vídeos correspondentes a cada dia.

     

     

     

     

    Espero que tenham gostado desta série de posts. Qualquer dúvida já sabem: deixem nos comentários!

    Até ao próximo post!

     

    Beijoca*

     

     

     

    São Miguel, Açores - Dias 4 e 5

    Olá olá!!! 

    Como estão?!

     

    Hoje trago-vos mais um post sobre as minhas férias nos Açores, mas desta vez decidi optar por juntar dois dias num só post, para não se tornar tão aborrecido e para resumir mais cada dia.

     

    Dia 4

     

    No 4º dia, quisemos seguir o roteiro, e começamos o dia por visitar a Ermida da Nossa Senhora da Paz. Para mim, este local está no meu Top 3 de sítios favoritos desta viagem.

     

    GOPR0468.JPG

     

    É um local maravilhoso, com uma vista deslumbrante sobre Vila Franca do Campo e sobre o ilhéu. A sua arquitetura é, no meu ponto de vista, extraordinária.

    Aconselho vivamente a visitarem!!! Na primavera ainda deve ser mais bonito porque está tudo florido... tenho mesmo de lá voltar!!

    GOPR0478.JPG

     

    Em seguida, fomos em direção ao Faial da Terra, mas como demorámos muito tempo na Ermida, já eram horas de almoçar e decidimos então parar pelo caminho na Lagoa das Furnas, onde fizemos um piquenique.

     

    GOPR0506.JPG

     

    Quando chegámos então ao Faial da Terra, começamos um percurso pedestre de 4.5km, até chegarmos à Cascata do Salto do Prego. Este percurso, apesar de ser muito menor que o do dia 2, também foi bastante cansativo porque o caminho era muito irregular (com pedras e lama pelo meio).

     

    GOPR0533.JPG

     

    Mas valeu muito a pena também!!! Durante o caminho vimos paisagens lindas, e quando chegámos ao final e vimos a cascata... que maravilha! Era maravilhosa!! Pena que estava muito fria, senão tínhamos dado uns mergulhos... o meu namorado ainda se atreveu a molhar os pés, mas eu nem isso eheheh

     

    No regresso a casa, parámos para tirar umas fotos no Miradouro da Ponta da Madrugada, que tem uma vista muito bonita sobre o Oceano e também quisemos parar no Farol do Arnel que foi o primeiro farol a ser instalado nos Açores.

    Aconselho-vos a deixarem o carro quando virem o sinal “Farol do Arnel” e a andarem 500m a pé. Podem ir de carro, mas a estrada é estreita e muito inclinada.

     

    Dia 5 - Para nós, o melhor dia 

     

    Bem, começamos logo de manhã por conhecer a Lagoa do Congro.

     

    20170218_122823.jpg

     

    É uma lagoa bastante calma, com muita vegetação na envolvente, e com água super limpa! É um sítio muito tranquilo e mesmo muito bonito!

     

    Assim que saímos de lá, parámos no Miradouro do Pico do Ferro, onde tivemos uma vista privilegiada sobre a Lagoa das Furnas (onde almoçámos no dia 4) e de onde podemos ver também as próprias Furnas, local para onde fomos a seguir.

     

    GOPR0591.JPG

     

    Já nas Furnas, pagámos 0,50€ por pessoa à entrada. 

    Adorei o sítio (apesar do cheiro horrível a enxofre!). Lá pudemos ver os senhores a retirarem as panelas com o Cozido e todo o procedimento envolvido. É um local super quente, devido à água a ferver que podemos ver por todo o lado. 

    Aconselho muito a visitarem, pois é um dos principais pontos turísticos da Ilha.

     

    GOPR0848.JPG

     

    No final do almoço fomos ao Parque Terra Nostra (onde tivemos que pagar 8€ cada um para entrar). Nós pensámos "É um pouco caro... será que vale a pena?!"... VALE! Vale mesmo muito a pena!

     

    Este é um parque natural, que nos oferece uma enorme coleção de espécies botânicas (na primavera deve ser perfeito). Nós fizemos a visita ao parque todo (seguindo o mapa que nos foi dado à entrada) e depois fomos para a melhor parte...

     

    GOPR0897.JPG

     

    ... a piscina de água quente ferruginosa!!!! É MARAVILHOSA!

    É uma piscina enorme de água termal QUENTE, onde podemos relaxar e acreditem: sabe mesmo bem! 

    A água, por ter ferrugem, pode tingir a roupa, por isso levem fatos de banho que não se importem de sujar. Valeu mesmo a pena!!!

     

    Para terminarmos o dia em beleza, fomos ao local que estávamos mais curiosos para experimentar: a Poça da Dona Beija!!

     

    GOPR0956.JPG

     

    Mais uma vez, um local com piscinas de água ferruginosa quente (entre os 27º e os 39º), que foi, sem dúvida nenhuma, o meu locar preferido da viagem!

    À entrada pagámos 3 ou 4€, mas foi o dinheiro mais bem gasto dos 7 dias! Aquilo é mesmo muito bom!!! 

    A melhor parte é que o horário de fecho é às 23h por isso, podem passar lá imenso tempo.

    Mais uma vez aconselho a levarem um fato de banho que já não utilizem muito, porque se podem sujar.

     

    Como sempre, deixo aqui os vídeos dos dias correspondentes!

     

     

     

     

     

    E pronto, foi este o (longo) post sobre o 4º e o 5º dias nos Açores.

    Espero que tenham gostado, e até ao próximo (e último) post desta viagem.

     

    Beijoca*

     

     

    São Miguel, Açores - Dia 1

    Olá olá!!!

    Tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo!!!

     

    O post de hoje vai ser o primeiro de muitos em que vos venho dar a conhecer um pouco da Ilha de São Miguel, nos Açores. 

    Fiz esta viagem com o meu namorado, e escolhemos este destino (de entre muitos que tínhamos curiosidade de conhecer) por termos tido excelentes opiniões sobre ele, e também porque vimos imensas fotografias PERFEITAS de paisagens e locais de lá.

     

    Bom, nós começámos por seguir um roteiro que encontrámos na internet, mas, ao longo do tempo, fomos adaptando os percursos que já existiam ao que nos convinha mais em cada dia, porque o roteiro era para 5 dias e nós ficámos lá 7 dias. Assim, deixo-vos o nosso próprio roteiro, para que se organizem melhor, caso pretendam visitar os locais mais importantes.

     

    Nós ficámos instalados na cidade de Ponta Delgada (capital regional), e por essa razão decidimos começar o nosso roteiro por essa mesma cidade, visto que tínhamos acabado de chegar e não nos queríamos desviar muito de casa no primeiro dia. Deixámos o carro no parque (gratuito) do centro comercial "Parque Atlântico" e deslocámo-nos para os primeiros locais a pé.

     

    Então, o nosso primeiro destino (e um dos que mais gostei) foi o Jardim do Palácio de Sant'Ana. Este local é património da Região Autónoma dos Açores, sede da Presidência do Governo desde 1980 e Residência Oficial do presidente do Governo dos Açores. 

    20170214_153157.jpg

     

    Para entrarmos tivemos que pagar 2€ cada um, mas acho que valeu super a pena, porque este é um local com história e é muito importante para a região. 

     

    20170214_153421.jpg

     

    Tem um jardim maravilhoso onde se podem tirar fotografias espetaculares. Na entrada foi-nos dado um pequeno mapa do jardim, o que facilitou imenso o percurso. 

     

    GOPR0071.JPG

     

     

    Em seguida, fomos ao Jardim António Borges. Este é um jardim botânico (de entrada gratuita) onde podemos encontrar imensas espécies de plantas exóticas.

     

    GOPR0169.JPG

     

    É um dos maiores e mais importantes espaços verdes da cidade. Ao longo de todo o espaço do jardim, podemos encontrar casais a passear, bem como famílias com crianças e alguns grupos de amigos, pois é um local onde se pode descontrair e desfrutar da natureza envolvente.

     

    20170214_162014.jpg

     

    O nosso destino seguinte foi o Forte de São Brás, e, para lá chegarmos, ficámos a conhecer mais um pouco da cidade (por isso é que vale a pena ir a pé). 

    Visitámos pelo caminho algumas igrejas, vimos algumas pinturas espalhadas pelas paredes da cidade, etc.

     

    GOPR0182.JPG

     

    20170214_164712.jpg

     

    Para entrarmos no Forte (ou Castelo de São Brás), também tivemos de pagar entrada (já não me recordo se foram 2 ou 3€). Este é considerado a mais poderosa fortificação da ilha, e foi construído para defender os Açores dos piratas atraídos pelas riquezas da terra. 

     

    20170214_171416.jpg

     

    No seu interior podem visitar o Museu Militar dos Açores, onde podemos também encontrar militares fardados.

     

    No regresso, parámos na Igreja Matriz de São Sebastião, para tirar umas fotos e apreciar a sua arquitetura e os detalhes das portas de estilo manuelino. 

     

    GOPR0208.JPG

     

     

    Depois, voltamos para o "Parque Atlântico" e fomos de carro até à Ermida da Nossa Senhora Mãe de Deus

     

    GOPR0213.JPG

     

    Aqui, para além de poderem ver a igreja em si, vão ter uma vista magnífica sobre a cidade e os arredores.

     

    A paragem seguinte foi a Praia do Pópulo. Chegamos no horário perfeito para tirarmos fotografias perfeitas: no pôr-do-sol!

    20170214_191551.jpg

     

    É uma praia relativamente pequena, muito calminha e perfeita para relaxar. É uma praia de areia preta (típica dos Açores). Aconselho vivamente a passarem por lá!

     

    Em seguida, regressámos a casa, tomámos banho, descansamos um bocadinho, fomos jantar e... como não podia deixar de ser, fomos às Portas da Cidade. Apontem nos vossos roteiros! SÍTIO DE PARAGEM OBRIGATÓRIA para quem passa em Ponta Delgada. Aconselho a visitarem de noite porque os arcos estão iluminados. Escusado será dizer que tirámos montes de fotos!!!

     

    GOPR0230.JPG

     

     

    E pronto, foi este o nosso primeiro dia em São Miguel. O que acharam?

    Espero que tenham gostado! Não se esqueçam de deixar o vosso comentário (se já lá foram ou se estão a pensar ir). 

     

    Deixo aqui em baixo o vídeo deste dia do canal do meu namorado. Deixem o vosso gosto e o vosso comentário e subscrevam o canal para verem os vídeos dos restantes dias. 

     

     

     

    Até ao próximo post!

     

    Beijoca*

     

     

     

  • GeraLinks